Baixista Rodrigo Santos deixa o Barão Vermelho depois de mais de 20 anos de banda

O baixista Rodrigo Santos não é mais do Barão Vermelho. Tanto o músico quanto a banda, através de seus perfis oficiais em redes sociais, confirmaram a saída na manhã desta terça-feira (14/11/17). Rodrigo entrou no grupo carioca em fevereiro de 1992, e gravou sete discos: Supermercados da Vida (1992), Carne Crua (1994), Álbum (1996), Puro Êxtase (1998), Balada MTV (1999 – CD/DVD), Barão Vermelho (2004) e MTV Ao Vivo (2005 – CD/DVD).

Ele tem uma sólida carreira solo, com seis discos gravados, e este foi, justamente, o motivo da saída da banda. Na mensagem, tanto Rodrigo quanto o Barão deixaram claro que a saída se deu de forma tranquila. Rodrigo Santos também tocou com Lobão, João Penca e os Miquinhos Amestrados, Moska, Kid Abelha e George Israel, entre outros. Este ano, ao lado de Fernando Magalhães, guitarrista do Barão, lançou Efeito Borboleta. Rodrigo foi o terceiro baixista do Barão. Antes dele, Dé Palmeira e Dadi Carvalho foram os responsáveis pelo instrumento na banda.

O Barão Vermelho segue com o vocalista Rodrigo Suricato, o guitarrista Fernando Magalhães, o baterista Guto Goffi e o tecladista Maurício Barros.

Veja a mensagem publicada:

“Comunicado

Devido à incompatibilidade de agenda e projetos pessoais, o baixista Rodrigo Santos, na banda desde 1992, deixa o Barão Vermelho para se dedicar integralmente à carreira solo.

O Barão Vermelho segue com: Guto Goffi e Maurício Barros, fundadores da banda; Fernando Magalhães, no grupo desde 1985, e Rodrigo Suricato (2017). Os “barões” estão fazendo ensaios para escolher o baixista que vai acompanhá-los nos shows da turnê que segue pelo país e preparam um novo álbum de inéditas previsto para o primeiro semestre de 2018.

Boa sorte a todos nesta nova fase !”

Ouça a última edição do Programa Rock Master:

Se preferir, clique no banner abaixo e escolha qual edição do Programa Rock Master quer ouvir:

Acompanhe também