Barril de Pólvora lança primeiro disco autoral e participa de um dos principais festivais do estado

O ano de 2018 começou com o pé direito para a banda mineira Barril de Pólvora: eles acabam de lançar seu primeiro disco, homônimo. Com muito heavy metal autoral, o álbum tem músicas com temas atuais contendo sátiras, críticas e metáforas, na mesma linha e influência de grandes clássicos do rock, blues e metal.

O CD foi produzido pelo maestro Rodrigo Garcia (Rock’n Strings, Cartoon, Orquestra Ouro Preto, entre outras); gravado por Carlos Ziviani e Mateus Mendes; mixado e masterizado por André Cabelo. “Nossa banda canta músicas em português, uma forma de valorizarmos o heavy metal feito aqui no nosso país, resgatando uma aura passada, a magia vivida nos anos 70 e 80. Mas, sem deixar de lado alguns toques de modernidade”, conta o baterista Alexis Bomfim.

O projeto do disco independente começou a sair do papel em 2015. “Desde então, passamos por vários processos como criação, pré-produção, entre outras etapas da gravação de um álbum. Nesse meio tempo, contamos também com a entrada do baixista Saulo Santos, meu parceiro há 26 anos e que veio completar nosso som”, explica Alexis.

Para ele, gravar o primeiro disco foi uma experiência fantástica. “Passamos momentos de muito alto astral e de grande aprendizado, pois todos os excelentes profissionais envolvidos têm um grande laço de amizade com a banda”.

Camping Rock

Em 28 de abril, a Barril de Pólvora vai se apresentar em um dos principais festivais de rock do Brasil e de Minas: o Camping Rock, em Araçaí, próximo à Belo Horizonte. O evento, que vai até 1ª de maio, foi criado para promover bandas independentes e, na sua maioria, autorais, do Estado, suprindo uma carência dos artistas desse perfil.

“É a nossa primeira vez no Festival. Participamos da seletiva de bandas e, para nossa surpresa, fomos a banda mais votada pelo público. Por isso escolhemos o Camping Rock para lançar nosso álbum”, comenta o baterista. “Nossa expectativa é grande. Estamos ansiosos e em contagem regressiva”!

Sobre a Barril de Pólvora

A banda foi formada em 2005 pelo guitarrista Emerson Martins. A primeira ideia era fazer releituras de bandas de blues, rock clássico e metal. “Com o passar do tempo, a vontade de criar nossa própria música. A primeira que fizemos também leva o nome da banda, e foi composta pelo ex-integrante Tiago Gomes”, diz Alex.

Hoje, a Barril de Pólvora é formada por Flávio Drager (vocal), Emerson Martins (guitarra), Saulo Santos (baixo) e Alexis Bomfim (bateria). “O heavy metal é uma paixão, depois que você conhece, não para de gostar. Além disso, é um estilo musical que tem a característica de unir as pessoas. Temos excelentes amigos por causa disso e nos orgulhamos muito disso”, explica o baterista.

Sobre os desafios de manter uma banda autoral de heavy metal em Minas, Alexis diz que o maior deles é conseguir espaço para shows. “A produção está muito cara, tornando difícil para os produtores a criação de eventos. Além disso, a aceitação pelo público e quebra de paradigmas sobre o metal autoral ainda é um grande obstáculo a ser vencido”.

Ouça a edição mais recente do Programa Rock Master:

Se preferir, clique no banner abaixo e escolha qual edição do Programa Rock Master quer ouvir:

Acompanhe também