L7 passa por BH nesta semana

Texto: Rodrigo “Piolho” Monteiro

O L7 se destacou no cenário do rock do começo dos anos 1990, dentre outros fatores, pelo fato de ser uma banda exclusivamente de mulheres em um ambiente dominado por grupos onde elas tinham (e, ainda tem) pouca vez. Formada em 1985 em Los Angeles, EUA, a banda passou por várias formações até se estabilizar com Donita Sparks (vocais), Suzi Gardner (guitarra), Jennifer Finch (baixo) e Demetra Plakas (bateria).

Seu primeiro álbum, “L7” foi lançado em 1988, mas foi apenas com o terceiro, “Bricks Are Heavy” que a banda alcançou maior visibilidade, surfando na onda do grunge, com músicas como “Wargasm” e “Pretend We’re Dead”, ainda que sua sonoridade se enverede mais pelo punk rock. Esse sucesso fez, inclusive, com que elas fossem uma das atrações do falecido festival Hollywood Rock, em 1993, onde dividiu o palco com nomes como Nirvana, Red Hot Chilli Peppers e Nirvana, dentre outros, no Rio de Janeiro.

Ativa ao longo de toda a década de 1990, na qual lançou mais três álbuns, o grupo desbandou em 2001. Em 2014, as garotas resolveram reunir-se novamente e, desde então, tem excursionado pelo mundo revisitando seus antigos sucessos. E é esse show que o L7 trouxe para o Brasil em uma turnê com três datas. Depois de tocar em São Paulo e no Rio de Janeiro no fim de semana (respectivamente em 01/12 e 02/12) o quarteto desembarca em Belo Horizonte para um show que acontece no dia 06/12 (quinta-feira), no Mr. Rock (Av. Tereza Cristina, 295 – Prado), com abertura da banda goiana Carne Doce, em evento previsto para começar às 20h00.

Os ingressos para a apresentação do L7 estão a venda no site Queremos! ao preço único de R$ 80,00 (mais R$ 5,20 de taxas)

Acompanhe também